Ninguém duvida do charme do beija-flor. Sua presença tem sido uma inspiração divina para muitas culturas pré-colombianas, como a civilização maia.

Os ancestrais maias contam que os deuses, quando criavam todas as coisas na terra, cada animal, cada planta e cada pedra recebiam uma atribuição, uma obra especificamente designada.

  

No final da tarefa, eles perceberam que ainda era necessário estabelecer quem estaria encarregado de levar os desejos e pensamentos de um lugar para outro.

Como não tinham mais lama nem milho para fazer outro animal, pegaram uma pedra de jade e esculpiram uma flecha muito pequena. Na hora de terminá-lo, era necessário apenas soprá-lo e a flecha “zaz”! Foi voar.

Um pássaro frágil e leve que poderia aproximar-se das flores mais delicadas sem sequer mover as pétalas. Suas penas brilhavam ao sol como gotas de chuva, refletindo arco-íris, os deuses criaram o beija-flor!

Os seres humanos, embelezados com aquela nova criatura, tentaram capturá-la para serem adornados com suas lindas asas. Antes de tal audácia, os deuses advertiam a punição para quem quisesse pegá-lo.

Talvez seja essa a profunda razão pela qual os beija-flores não são geralmente enjaulados. Eles também têm que cumprir sua missão sagrada: levar pensamentos de um lugar para outro.

A lenda maia diz que se você encontrar um beija-flor, é porque alguém lhe envia alguns desejos de bom coração.

Assista a este belo vídeo de beija-flores:

videoPlayerId=427a111f2

Ad will display in 09 seconds

Share
Categorías: Portuguese


Video Destacados

Ad will display in 09 seconds

Esta linda noiva libanesa reflete sua felicidade máxima com uma dança muito graciosa

DESTACADAS Ver más